Objetivos do desenvolvimento sustentável e promoção da saúde: uma aliança necessária ao enfrentamento das doenças crônicas

  • Simone Tetu Moyses Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
  • Paulo Sávio Angeiras de Goes Univeristy College London-UCL
Palavras-chave: Promoção de saúde, Determinantes de saúde, desenvolvimento sustentável

Resumo

Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) têm sido apontados como uma agenda prioritária para a construção de uma sociedade mais igualitária e socialmente justa. Constituem-se numa agenda cujos resultados terão repercussão direta na abordagem das condições crônicas. O objetivo do presente estudo foi analisar como os ODS delineiam a adoção de medidas de promoção de saúde capazes de produzir impacto nas doenças crônicas. Trata-se de uma revisão de literatura narrativa a partir do referencial teórico dos ODS e das recomendações das conferências mundiais de promoção de saúde realizadas nas últimas décadas. Conclui-se que os ODS podem ser trabalhados em duas dimensões: uma contextual, representada pelos desafios postos pela contemporaneidade, e outra relativa à discussão sobre o papel dos profissionais de saúde. Considerando a saúde na sua complexidade, envolvida e relacionada com determinantes sociais, reforça-se que não é possível promover a saúde apenas transmitindo informação e buscando o autocuidado numa perspectiva individual.

Biografia do Autor

Simone Tetu Moyses, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Prof. Titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná-PUC-PR, Prof. Associado da Universidade Federal de Pernambuco-UFPE/ Faculdade de Medicna de Olinda
Paulo Sávio Angeiras de Goes, Univeristy College London-UCL
PhD em Epidemiologia e Saúde Pública pela Univeristy College London-UCL.
Publicado
30-10-2019
Seção
Espaço Responsabilidade Social